Email |
Jacareí *
 
NOTÍCIAS
Automóveis
Aviação
Consumidor
Cultura
Economia
Editorial
Educação
Emprego
Esportes
Estradas
Imóveis
Indústria
Internacional
Meio Ambiente
Polícia
Política
Religião
Saúde
Social
Trânsito

Alternative content



Alternative content



Alternative content



 
06/06/2017 16:51 - Foto: Divulgação/Arquivo  

DEFENSORIA PúBLICA


Mutirão para reconhecimento de paternidade é concluído com 72 participantes

Foram realizados 16 ações de investigação de paternidade e 19 exames de DNA dos núcleos familiares, correspondente a 56 pessoas periciadas

O "Mutirão Paizão-Paternidade Responsável", promovido pela Defensoria Pública em Jacareí, foi encerrado na quinta-feira, dia 1/6/2017. A última etapa do projeto contou com a participação de 72 pessoas. 

Coordenada pelos defensores públicos Elthon Siecola Kersul e Marília da Silva Macedo, a iniciativa teve o objetivo de prestar orientação jurídica sobre reconhecimento de paternidade e, posteriormente, promover mediação de conflitos. O objetivo é chegar a soluções amigáveis sempre que possível, sem a necessidade de levar o caso à Justiça.

Graças a um convênio firmado entre a DP (Defensoria Pública de São Paulo) e a Unesp, foram disponibilizados exames gratuito de DNA. A partir dos resultados, a DP ofereceu suporte aos pais para a celebração do reconhecimento espontâneo de paternidade e posterior acordo sobre guarda, visitas e alimentos.

Elthon Kersul classificou o mutirão como "um sucesso". Segundo ele, muitas mães que já tinham desistido de procurar pelos pais de seus filhos compareceram à DP com o objetivo de localizarem os pais desaparecidos para realização dos exames de DNA gratuitos.

 
 
 
 
Compartilhe:

 


Comentários:

 

Alternative content

Resolução Mínima de 1024x768 | © Jornal de Jacareí - 2016