Email |
Jacareí *
 
NOTÍCIAS
Automóveis
Aviação
Consumidor
Cultura
Economia
Editorial
Educação
Emprego
Esportes
Estradas
Imóveis
Indústria
Internacional
Meio Ambiente
Polícia
Política
Religião
Saúde
Social
Trânsito

Alternative content



Alternative content



Alternative content



 
02/03/2018 13:58 - Foto: Paulo Torraca  

POLÍTICA


Nota 7 para Jacareí em gastos de dinheiro público, diz OS

Economia de R$ 7,5 milhões aos cofres públicos, em 2017. Foram avaliados apenas 36 editais e a entidade conseguiu acompanhar 11 certames e solicitou 115 pedidos de informações a Prefeitura e a Câmara

“Contra a corrupção há duas saídas, uma é o aeroporto de Guarulhos e a outra é atitude”, diz Ricardo Hamad

 Por Paulo Torraca

 Com objetivo de prestar contas a população e também de recrutar jovens sem ligação partidária para trabalho voluntário, o Observatório Social (OS) mostra os resultados do primeiro ano de atuação e seus principais projetos para controle de gastos público em Jacareí, o evento aconteceu ontem á noite (1/3/2018), no Instituto Federal, instituição de ensino público em Jacareí.

Em poucos minutos Ricardo Hamad, engenheiro mecânico aeronáutico, empresário e presidente do Observatório Social de Jacareí, disse os objetivos, missão e atividades da Rede de OS, aos alunos e autoridades convidadas.

Segundo o engenheiro, OS de Jacareí é uma entidade civil organizada criada há 1 ano por voluntários que tem por objetivo atuar em favor da transparência e qualidade na aplicação dos recursos públicos municipais. A rede de OS está presente em 19 Estados brasileiros que nos últimos 4 anos acompanha os gastos dos cofres públicos de  123 cidades.

Em Jacareí, a OS em 2017 conseguiu uma economia de R$ 7,5 milhões aos cofres públicos. Foram avaliados apenas 36 editais e a entidade conseguiu acompanhar 11 certames e solicitou 115 pedidos de informações a Prefeitura e a Câmara. Todo o trabalho da entidade e realizado por voluntários, nenhum dos diretores e voluntários são remunerados.

Para Ricardo Hamad, houve melhoria com os gastos públicos em 2017, na cidade, “a nota é 7 em gestão de recursos públicos de Jacareí. A cidade foi eleita recentemente como boa pagadora. Mas, existe processo que pode melhorar, em 1 ano acompanhamos apenas 36 editais porque falta voluntário”, disse Hamad.

O controle social é com base nos 4 eixos de atuação da rede OS (gestão pública, educação fiscal, transparência e ambiente de negócios). E agora, o Poder Legislativo (Câmara Municipal) além dos gastos terão os 13 vereadores fiscalizados continuamente através de formulários com avaliação em critérios de alta, média e baixa complexidade. Exemplo; Faltas, criações de leis, projetos, solicitações de informações, ente outros. Em maio nesse ano, qualquer cidadão poderá avaliar a nota de seu vereador na rede social.

 Observatório Social de Jacareí tem o apoio do Instituto Federal, do Ciesp, da Aeaj, da Acij, da Assecon e das Lojas Maçônicas.

Contato: Jacareí@osbrasil.org.br

 
 
 
 
Compartilhe:

 


Comentários:

 

Alternative content

Resolução Mínima de 1024x768 | © Jornal de Jacareí - 2016